Sociedade União Musica Alenquer, Memórias da Arcada

30.00

Memória da Arcada

de José Henrique Leitão Lourenço

A “ARCADA” permaneceu serena face às grandes mutações que transformaram esta nossa Alenquer Contemporânea presente e sempre na linha da frente nos momentos mais decisivos do “processo liberal” entre 1832 e 1855, nas jornadas de 4 e 5 de Outubro de 1910 e ainda na resistência à Ditadura (…)”

Edição: Arruda Editora

Ano: 2008

Páginas: 140

Formato: 23×22,5 cm
ISBN: 978-972-97540-9-8

Livro indispensável a qualquer coleccionador ou investigador

Venda limitada a 1 só livro por cliente até esgotar o stock.

1 em stock

REF: LDA BLV008 Categoria: Etiquetas: , ,

Descrição

Sociedade União Musica Alenquer, Memórias da Arcada

A “ARCADA” permaneceu serena face às grandes mutações que transformaram esta nossa Alenquer Contemporânea presente e sempre na linha da frente nos momentos mais decisivos do “processo liberal” entre 1832 e 1855, nas jornadas de 4 e 5 de Outubro de 1910 e ainda na resistência à Ditadura (…)”

“(…) E quando a baixa de Alenquer se transformou num verdadeiro parque industrial à beira Rio, até nos manuais de geografia escolar figurava como uma das principais vilas industriais portuguesas.

Recordo ainda quando Triana e o Largo do Espírito Santo à hora da saída das fábricas e das oficinas se enchiam de gente. Era uma Vila alegre e de grande movimento. Guardo na memória aquele bulício e até o murmurar das águas do Rio à beira do qual nasci. Os dias eram festivos, mas os festejos maiores só os de Cinco de Outubro. Eram tempos dedicados à Música. Havia filarmónicas, mas a principal habitava ali na “ARCADA. (…) in Prefácio, António de Oliveira Cordeiro Melo.

Brand

Arruda Editora

Avaliações

Ainda não existem avaliações.

Seja o primeiro a avaliar “Sociedade União Musica Alenquer, Memórias da Arcada”

O seu endereço de email não será publicado.